09/07/2013 - 11h39
Por Assessoria de Comunicação SESAPI - secsaudepi@gmail.com

Plano de Pactuação da Rede Psicossocial será apresentado durante Simpósio

Será discutida a importância dos componentes que formam o Plano da RAPS

Tamanho da fonte  

Os 11 municípios do Território Planície Litorânea, localizados ao Norte do Piauí, participarão, no próximo dia 12, de uma reunião para tratar sobre o Plano de Pactuação da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). O encontro acontecerá durante o II Simpósio Álcool e outras Drogas na Contemporaneidade, que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) promoverá em Luís Correia, no próximo final de semana. A reunião, no entanto, será coordenada pela Gerência de Atenção à Saúde Mental.

Será discutida junto aos 11 secretários municipais de Saúde a importância dos componentes que formam o Plano da RAPS e como essas diretrizes deverão ser implantadas nos municípios do Território Planície Litorânea. 

De acordo com Leda Trindade, gerente de Atenção à Saúde Mental, a pactuação estabelece o compromisso entre o Governo do Estado e as prefeituras desse Território, que, segundo ela, “se unem para coordenar e executar os componentes estabelecidos pelo Ministério da Saúde, que vão desde princípios que envolvem as Equipes de Saúde da Família, até a criação de leitos em hospitais e unidades de acolhimento para tratamento psicossocial”, explica.

Dentro do Plano de Pactuação da Rede Psicossocial estão, ainda, os componentes estabelecidos pela Portaria 3088, de 23 de janeiro de 2011, do Ministério da Saúde, que envolvem as áreas da Atenção Básica, Atenção de Urgência e Emergência, Atenção Hospitalar, Atenção Especializada aos Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), Residências Terapêuticas, Reinserção Social e Reabilitação Social.

Os secretários municipais de Saúde participarão, ainda, juntamente com os demais profissionais das áreas da Saúde, Educação e Trânsito, das palestras e debates dentro da programação do II Simpósio Álcool e outras Drogas na Contemporaneidade. A gerente de Atenção à Saúde Mental, Leda Trindade, abordará os temas relacionados à Rede de Atenção Psicossocial do Estado, durante palestra.

“Na oportunidade iremos apresentar a importância da RAPS. Através dessas ações poderemos amenizar o problema das drogas, que se alastrou de forma assustadora em todo o Brasil. Através deste Simpósio iremos mostrar o que deve ser feito e o que já foi realizado pelo Governo do Estado, pois estamos trabalhando com os eixos de prevenção, tratamento e reabilitação”, destaca Leda Trindade.

Assim como na edição realizada em Teresina, o Simpósio traz, novamente, o professor José Mauro Braz de Lima, doutor em Neurologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, que ministrará aos participantes palestras sobre Álcool e Trânsito e sobre a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF).
 

Por Adrianno Magno


Comente!


29/08/2014 as 14:31h

Ministério da Saúde certifica Metódo Canguru da Maternidade Evangelina Rosa

O atendimento é modelo de assistência perinatal, com cuidados especiais voltados para o recém-nascido

29/08/2014 as 14:09h

HGV explica como proceder com a falta do exame PPD

O Ministério da Saúde enfrenta dificuldades na negociação com a empresa produtora do PPD

29/08/2014 as 13:05h

Secretário participa de abertura do 8º Congresso Brasileiro Sobre a Situação do Médico

O congresso segue até hoje no Sindicato dos Médicos.

28/08/2014 as 15:02h

Profissionais de saúde são capacitados sobre o Método Canguru

Três eixos estão sendo abordados: a assistência pré-natal, a assistência ao nascimento e a assistência perinatal

27/08/2014 as 15:23h

Serviço de Oncologia será descentralizado no Piauí

Está prevista a implantação de uma Unidade de Alta Complexidade em Parnaíba, Picos e Bom Jesus

26/08/2014 as 13:22h

Sesapi lança Plano Estadual de Oncologia nesta quarta (27)

A solenidade acontecerá no Palácio de Karnak ao meio dia