18/12/2017 - 11h39
Por Assessoria de Comunicação SESAPI - secsaudepi@gmail.com

Maternidade Evangelina Rosa ganha prêmio em mostra sobre Segurança do Paciente

A maternidade mostrou os principais pontos dentro das metas de segurança que tiveram mais avanços.

Tamanho da fonte  
Elis Pegado Maternidade Evangelina Rosa ganha prêmio em mostra sobre Segurança do Paciente

A Maternidade Dona Evangelina Rosa foi premiada com o segundo lugar na I Amostra de Experiências de Práticas bem Sucedidas em Segurança do Paciente do Estado do Piauí. A premiação foi entregue para os profissionais do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) e da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) que estão envolvidos diretamente nessas ações por conta do bom desempenho na implantação e monitoramento das ações de gestão de segurança do paciente.

O evento reuniu os 20 maiores hospitais do Estado, com leitos de UTI, entre públicos e privados, e teve como objetivo fortalecer a necessidade de cumprimento das metas de Segurança do Paciente e Controle das Infecções Relacionadas à Assistência (IRAS), além de promover uma troca de experiências.

De acordo com coordenadora no Núcleo de Segurança do Paciente, da Maternidade, a enfermeira Virginia Lopes Cavalcante, o evento foi importante para que todos os profissionais presentes conhecessem as ações que estão sendo desenvolvidas na Rede de Saúde do Piauí com relação à segurança do paciente. “Todos os hospitais apresentaram suas experiências e suas ações dentro da prática de segurança do paciente, o que já fizeram e o que estão desenvolvendo, ou seja, suas vivências e suas práticas. Depois fomos avaliados por uma comissão formada por três profissionais da Vigilância Sanitária que observou, principalmente, o trabalho desenvolvido na maternidade, a segurança na apresentação e a qualidade do material”, explicou.

Na apresentação da MDER foram mostrados os principais pontos dentro das metas de segurança do paciente que tiveram mais avanços. A primeira, ainda segundo Virgínia, foi a implementação das pulseiras de identificação, seguido pela medicação segura, cirurgia segura, higienização das mãos e avaliação de riscos como quedas e lesões por pressão.

“Dentro de cada uma das metas de segurança do paciente nós fomos destacando os pontos que já estão em pleno funcionamento e os que estão em fase de implementação. Mostramos nossos dados e todas as ações desenvolvidas dentro da Evangelina Rosa para reforçar a importância da aplicação dessas metas no dia a dia. Nossos profissionais são estimulados com cursos, atualizações, palestras e campanhas a participarem ativamente da aplicação dessas metas. Sem eles nada disso seria possível”, comentou a enfermeira.

As seis metas de segurança do paciente foram estabelecidas pela Joint Commission Internacional (JCI) em parceria com a Organização Mundial de Saúde (OMS). O objetivo é promover melhorias na segurança do paciente em situações consideradas de maior risco. As metas adotadas são: Identificação correta do paciente; comunicação efetiva; segurança dos medicamentos; cirurgia segura; reduzir riscos de infecção; reduzir riscos de danos ao paciente.

Por Elis Pegado 


Comente!


23/02/2018 as 11:49h

Na APPM, Florentino Neto reforça agenda de repasse do cofinanciamento

Somente esta semana, foram repassados mais de R$ 8 milhões

23/02/2018 as 10:25h

Equipamentos irão melhorar o atendimento de pacientes da Evangelina Rosa e HGV

Os equipamentos é um avanço nas condições de atendimento da saúde do Estado do Piauí.

23/02/2018 as 10:18h

HGV e Maternidade recebem novos equipamentos

A Maternidade Evangelina Rosa e o HGV receberam novos equipamentos adquiridos através do programa Renova Saúde.

22/02/2018 as 11:18h

Renova Saúde entrega equipamentos para Evangelina Rosa e HGV

Cerca de R$ 1,7 milhões em investimentos

22/02/2018 as 08:50h

FEPISERH realiza nova licitação para funcionários terceirizados

A economia gerada vai ser de quase 30%.

21/02/2018 as 15:10h

Governo anuncia nova etapa de Mutirão de Cirurgias Eletivas

Agora serão realizadas cirurgias pediátricas, iniciando em março no Hospital de Floriano