22/12/2017 - 15h01
Por Assessoria de Comunicação SESAPI - secsaudepi@gmail.com

Novos leitos fortalecem assistência intensiva no interior do Estado

Até 2018, serão 90 leitos abertos somente no interior

Tamanho da fonte  
Novos leitos fortalecem assistência intensiva no interior do Estado

Em um ano, a Secretaria de Estado da Saúde abriu 50 novos leitos para cuidados intensivos, seja para adulto como para neonatal. De norte a sul do Piauí, a expansão de leitos de Unidade de Terapia Intensiva(UTI), adulta ou neonatal, e ainda de Cuidados Intermediários Neonatais(UCIN) possibilitou que, no mesmo período, mais de 700 pacientes fossem atendidos nos municípios de Oeiras, Parnaíba, Picos e Floriano.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, explica que, somente nos cuidados intensivos neonatais, foram 30 novos leitos abertos, o que mudou a rotina dos hospitais, tanto na capital como no interior. “Foram investimentos em estrutura, equipamentos e pessoal qualificado, o que asseguram que pacientes tenham uma assistência adequada, resolutiva e mais próxima de sua casa e familiares”, afirma.

No Hospital Estadual Dirceu Arcoverde(HEDA), em Parnaíba, por exemplo, foram reestruturados 10 leitos de UTI neonatal e abertos 10 leitos de UCIN. Com isso, menos transferências para a Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina, como relata a diretora de Enfermagem, do HEDA, Janailda Furtado. “Conseguimos melhorar as chances de vida de bebês prematuros, de pacientes que nascem com alguma doença congênita e que antes tinha que ser transferidos para Teresina. Hoje, já temos uma avaliação positiva, porque diminuíram bastante as transferências para Teresina”, afirma. Por lá, desde dezembro de 2016 a novembro de 2017, foi cerca de 400 bebês atendidos.

A assistência em alta complexidade descentralizada, de acordo com o planejamento estratégico adotado pelo Governo do Estado, melhora até mesmo no tratamento do paciente, que é acompanhado de perto por familiares. No caso dos neonatos, a presença da família aumenta o vínculo com a criança. “Isso é muito bom, porque a criança é tratada aqui, próxima a sua família. Os pais podem entrar, sendo livre a entrada de pai e mãe e também dos avós, para poder ter contato com a criança e desfrutar de toda assistência que o Hospital oferece, como o método Canguru, que aproxima e aumenta o vínculo com a criança”, explica Janailda.

No Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, a abertura de 10 leitos de UTIN, em maio deste ano, proporcionou a assistência a 133 neonatos, pacientes que puderam ser tratados na região sul do Estado, sem necessidade de transferência para Teresina. 

Ainda na região sul, os adultos também podem receber cuidados intensivos, com a abertura de 20 leitos de UTI, sendo 10 no Hospital Regional Deolindo Couto, em Oeiras, e 10, no Hospital Regional Justino Luz, em Picos. Uma nova realidade na assistência em alta complexidade que surpreende os moradores daquelas regiões, como a maquiadora Karine Nunes, 33 anos, que passou 13 dias internadas no Hospital de Oeiras, sendo que em três, ela ficou em coma na UTI.

“Me surpreendeu bastante. Tinham médicos me acompanhando direto, sempre me monitorando. Em nenhum momento, me senti desamparada. Fui muito bem cuidada”, conta Karine, que, com a internação naquele hospital, pode ser acompanhada de perto pelos familiares e amigos. “Ficar aqui foi muito melhor, pois não foi preciso pegar estrada para ir para Teresina e ainda tive o apoio da minha família e amigos, que me acompanharam direto”.

De acordo com Florentino, para 2018 são previstos mais 40 leitos de cuidados intensivos, sendo 20 para neonatal no Hospital de Picos, 10 para o Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri, e 10 leitos para o Hospital Regional Senador José Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato. “É um trabalho continuado, numa esforço de todos da Secretaria, para garantir que, em momentos em que o paciente, em estado grave, precise, tenha uma assistência resolutiva, na região em que more”.

Por Graciene Nazareno


 


Comente!


23/02/2018 as 11:49h

Na APPM, Florentino Neto reforça agenda de repasse do cofinanciamento

Somente esta semana, foram repassados mais de R$ 8 milhões

23/02/2018 as 10:25h

Equipamentos irão melhorar o atendimento de pacientes da Evangelina Rosa e HGV

Os equipamentos é um avanço nas condições de atendimento da saúde do Estado do Piauí.

23/02/2018 as 10:18h

HGV e Maternidade recebem novos equipamentos

A Maternidade Evangelina Rosa e o HGV receberam novos equipamentos adquiridos através do programa Renova Saúde.

22/02/2018 as 11:18h

Renova Saúde entrega equipamentos para Evangelina Rosa e HGV

Cerca de R$ 1,7 milhões em investimentos

22/02/2018 as 08:50h

FEPISERH realiza nova licitação para funcionários terceirizados

A economia gerada vai ser de quase 30%.

21/02/2018 as 15:10h

Governo anuncia nova etapa de Mutirão de Cirurgias Eletivas

Agora serão realizadas cirurgias pediátricas, iniciando em março no Hospital de Floriano