A Rede de Atenção Psicossocial do estado do Piauí

Considerando as determinações da lei nº 10.216, de 06 de abril de 2011, que dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas com transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental, que busca consolidar um modelo de atenção à saúde mental aberto e de base comunitária com uma rede de serviços integrada, articulada e efetiva. Apoiada na portaria nº 3.088, de 23 de dezembro de 2011 que institui a Rede de Atenção Psicossocial com criação, ampliação e articulação de ponto de atenção à saúde para atender pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas.

A Rede de Atenção Psicossocial é constituída pelos componentes de Atenção Básica em Saúde, da Atenção Psicossocial Estratégica, da Atenção de Urgência e Emergência, da Atenção Residencial de Caráter Transitório e Atenção Hospitalar.

Conforme informativo eletrônico, Saúde Mental em Dados 10, do Ministério da Saúde - Ano VII, nº 10, março de 2012, o Estado do Piauí que em 2010 ocupava o 9º (nono) e atualmente ocupa o 6º (sexto) lugar Nacional no indicador de Cobertura de CAPS/100.000 habitantes, considerado cobertura muito boa de acordo com os parâmetros do Ministério da Saúde.

A Rede de Atenção Psicossocial do estado do Piauí esta composta por:

  • 45 (quarenta e cinco) Centros de Atenção Psicossocial – CAPS, dentre esses:
    • 29 (vinte e nove) são da modalidade CAPS I;

    • 09 (nove) da modalidade CAPS II;

    • 01 (um) da modalidade CAPS III;

    • 01 (um) da modalidade CAPS i- infanto-juvenil;

    • 03 (três) da modalidade CAPS AD- álcool e outras drogas;

    • 02 (dois) da modalidade CAPS AD III – 24 horas (funcionamento 24 horas, com leitos para internação);

  • 04 Residências Terapêuticas, serviço para acolher pessoas com internação de longa permanência em Hospital Psiquiátrico e que não possuem vínculos familiar e social;

  • 19 beneficiários do Programa de Volta pra Casa – PVC;

  • Hospital Psiquiátrico Areolino de Abreu - HAA com 160 leitos;

  • 10 unidades integradas de saúde com ambulatório de psiquiatria em Teresina;

  • 01 SHR AD– Serviço Hospitalar de Referência em Álcool e outras Drogas – Hospital do Mocambinho;

  • 04 leitos de psiquiatria no Hospital da Primavera;

  • 01 Consultório de Rua;

Serviços da Rede em processo de implantação:

  • Leitos de Atenção Psicossocial no Hospital Geral em municípios com CAPS para retaguarda aos serviços de saúde mental;
  • CAPS AD III – 24 horas;
  • Centro de Referência Feminino de Recuperação em crack, álcool e outras drogas;
  • CAPS I: Gilbués, Jaícos, Inhuma, Rio Grande do PI, Corrente, Esperantina.

Gerência de Atenção à Saúde Mental
Endereço: Anexo do Inst de Doenças Tropicais Natan Portela
Rua Governador Arthur de Vasconcelos, Centro/Sul. CEP: 64001-450
Fone: (86) 3216-3562